Espaguete e Picolé

Na terra do vento

Sobre o Livro

No meu primeiro livro infanto juvenil, criei dois personagens que vão sair velejando do sul do Brasil até o Cabo Horn na Terra do Fogo.

O velejador mirim se chama Espaguete, seu apelido de escola, isso porque ele é alto e magro. Seu companheiro é o Picolé, um cachorro da raça Whippet muito esperto. Os dois são muito parecidos fisicamente.

O Espaguete quando era criança queria ser astronauta, e vivia sonhando viajar pelas estrelas. Um belo dia percebeu que o seu foguete imaginário não ia decolar, então inspirado pelas histórias do pai que foi velejador, ele passou a sonhar em dar a volta ao mundo em seu barco. O seu barco passou a ser a sua nave espacial, e o mar o universo. Na verdade, ele pensou que no meio do mar ele poderia estar mais perto das estrelas, e em um lugar vazio de gente. Para a sua surpresa ele descobriu que o Picolé fala mil línguas do reino animal.

Assim que partem para o mar ele se surpreende com a quantidade de lixo plástico nas praias e na água. O seu cachorro, o Picolé então começa a fazer contato com focas, orcas e golfinhos que relatam a ele a ameaça da poluição, e as mortes de animais sufocados pelo lixo.

O livro tem como objetivo alertar e conscientizar os jovens a respeito do problema do descarte e da poluição nos mares, mas também tem o intuito de ser um livro educativo. Como será feito isso? Nesta primeira viagem, o Espaguete e o Picolé irão velejar pela Patagônia da mesma maneira que eu viajei na minha segunda viagem, a Rota Austral

 

 

Divulgue esse projeto

 
Contato

Beto Pandiani

+55 11 992825649
pandiani@terra.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

© Beto Pandiani